Migração contribui para o desenvolvimento das nações

Os fluxos migratórios são uma das dimensões mais visíveis do processo de globalização mundial, impactando em várias componentes do desenvolvimento de uma nação, quer a nível demográfico ou económico.

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável reconhece a contribuição da migração para o desenvolvimento sustentável, fazendo menção a meta 10.7 a facilitação da migração e da mobilidade ordenada, segura, regular e responsável de pessoas, inclusive por meio da implementação de políticas de migração planeadas e bem geridas.

De acordo com dados do Portal Global pela Migração (2020) o número total de migrantes internacionais em meados de 2020 foi de 280.6 milhões, representando 3,6% da população mundial (7.8 bilhões).

Embora o impacto socioeconómico das migrações seja dificilmente mensurável, os estudos apontam genericamente para um impacto benéfico nas economias dos países de destino ou acolhimento, quer no que respeita ao mercado de trabalho quer ao crescimento económico no geral (OCDE, 2014).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn